Foco e escopo

O  Jornal Internacional de Avanços em Biotecnologia Médica é uma revista no campo das Ciências Médicas e Biotecnologia e aplicações correlatas e foco para publicar artigos técnicos e científicos sobre pesquisa e tecnologias em áreas como biopolímeros, biomateriais, química médica, entrega de drogas, saúde, nanotecnologia , biomembranas, fármacos, medicina, engenharia de tecidos e medicina regenerativa. 

Hipóteses  - Quase todos os trabalhos científicos se beneficiam da inclusão de uma declaração de hipóteses. Tais declarações devem ser concisas, declarativas e devem definir uma ou mais hipóteses-chave que os estudos nos quais o manuscrito se baseia pretendem confirmar ou refutar. A inclusão de uma declaração de hipóteses simples contrastar a hipótese com a literatura anterior mais relevante e apontar que os autores consideram distinto sobre a hipótese atual (novidade). Também permite aos autores descrever por que eles acham que seria importante provar a hipótese correta (significância).

 

Tópicos de interesse para o periódico:

  • Medicina regenerativa
  • Biomembranas e Biopolimeros
  • Sistemas de entrega lenta de drogas
  • Dispositivos médicos
    • Química Médica Orgânica e Inorgânica
    • Estruturas 3D
    • Fatores de crescimento
    • Engenharia de Tecidos
  • artigos com foco em modelagem biológica, fisiológica e farmacológica
  • moléculas

PÚBLICO

Institutos de pesquisa universitária e industrial; usuários e fabricantes de química médica, suprimentos médicos e equipamentos e pesquisadores.

Política de acesso aberto

Esta revista fornece acesso aberto imediato ao seu conteúdo, com base no princípio de que tornar a pesquisa disponível gratuitamente ao público apoia uma maior troca global de conhecimento.

 

Política de Ética

Publicação de Ética e Publicação de Declaração de Malversação

Esta revista está comprometida com a ética e a qualidade na publicação. Apoiamos os padrões de comportamento ético esperado para todas as partes envolvidas na publicação de nossa revista: o autor, o editor da revista, o revisor e o editor. Não aceitamos plágio ou outro comportamento antiético.

 

Deveres dos Editores:

  • Decisão de publicação :  O editor da revista é responsável por decidir quais dos artigos submetidos à revista devem ser publicados. O editor é guiado pelas políticas do conselho editorial da revista e limitado por tais requisitos legais que devem então vigorar em relação a difamação, violação de direitos autorais e plágio. O editor pode consultar o conselho editorial ou revisores na tomada de decisões.
  • Fair play O editor deve avaliar os manuscritos por seu conteúdo intelectual, independentemente de raça, gênero, orientação sexual, crença religiosa, origem étnica, cidadania ou filosofia política dos autores.
  • Confidencialidade O editor e qualquer equipe editorial não devem divulgar nenhuma informação sobre um manuscrito submetido a ninguém que não seja o autor correspondente, revisores, revisores potenciais, outros consultores editoriais e o editor, conforme apropriado.
  • Divulgação e conflitos de interesse O editor não deve usar informações não publicadas em suas próprias pesquisas sem o consentimento expresso por escrito do autor. O editor deve recusar-se a considerar manuscritos nos quais tenha conflitos de interesse resultantes de relações competitivas, colaborativas ou outras ou conexões com qualquer um dos autores, empresas ou (possivelmente) instituições ligadas aos artigos.
  • Envolvimento e cooperação em investigações O editor deve tomar medidas de resposta razoáveis ​​quando reclamações éticas forem apresentadas em relação a um manuscrito submetido ou artigo publicado.

 

Deveres dos revisores :

  • Contribuição para a decisão editorial : a  revisão por pares auxilia o editor na tomada de decisões editoriais e, por meio das comunicações editoriais com o autor, também pode auxiliar o autor no aprimoramento do artigo.
  • Rapidez Qualquer revisor selecionado que se sinta desqualificado para revisar a pesquisa relatada em um manuscrito ou saiba que sua revisão imediata será impossível deve notificar o editor e se retirar do processo de revisão.
  • Confidencialidade Quaisquer manuscritos recebidos para revisão devem ser tratados como documentos confidenciais. Eles não devem ser mostrados ou discutidos com outras pessoas.
  • Padrões de objetividade : as  revisões devem ser conduzidas de forma objetiva e os avaliadores devem expressar suas opiniões claramente com argumentos de apoio.
  • Agradecimento da fonte Os revisores devem identificar trabalhos publicados relevantes que não tenham sido citados pelos autores. O revisor também deve chamar a atenção do editor para qualquer semelhança ou sobreposição substancial entre o manuscrito em consideração e qualquer outro artigo publicado do qual tenha conhecimento pessoal.
  • Divulgação e conflitos de interesse informações privilegiadas ou ideias obtidas por meio de revisão por pares devem ser mantidas em sigilo e não usadas para vantagem pessoal. Os revisores não devem considerar manuscritos nos quais tenham conflitos de interesse resultantes de relacionamentos competitivos, de colaboração ou outros relacionamentos ou conexões com qualquer um dos autores, empresas ou instituições ligadas aos artigos.

 

Deveres dos autores :

  • Padrões de relatórios: os  autores de relatórios de pesquisas originais devem apresentar um relato preciso do trabalho realizado, bem como uma discussão objetiva de seu significado. Os dados subjacentes devem ser representados com precisão no papel. Um artigo deve conter detalhes e referências suficientes para permitir que outros reproduzam o trabalho. Declarações fraudulentas ou intencionalmente imprecisas constituem um comportamento antiético e são inaceitáveis.
  • Originalidade e plágio os autores devem garantir que escreveram trabalhos inteiramente originais e, se os autores usaram o trabalho e / ou palavras de terceiros, isso foi devidamente citado ou citado. O plágio em todas as suas formas constitui um comportamento de publicação antiético e é inaceitável.
  • Publicação múltipla, redundante ou simultânea Em geral, um autor não deve publicar manuscritos que descrevam essencialmente a mesma pesquisa em mais de um periódico ou publicação primária. Submeter o mesmo manuscrito a mais de um periódico simultaneamente e / ou publicar o mesmo artigo em periódicos diferentes constitui um comportamento de publicação antiético e é inaceitável.
  • Reconhecimento das fontes: reconhecimento adequado do trabalho de outros deve sempre ser dado. Os autores devem citar publicações que tiveram influência na determinação da natureza do trabalho relatado. As informações obtidas em particular, como em uma conversa, correspondência ou discussão com terceiros, não devem ser usadas ou relatadas sem permissão explícita por escrito da fonte. As informações obtidas no decurso de serviços confidenciais, como manuscritos de arbitragem ou pedidos de subsídios, não devem ser usadas sem a permissão explícita por escrito do autor do trabalho envolvido nesses serviços.
  • Autoria do Artigo: autoria deve ser limitada àqueles que deram uma contribuição significativa para a concepção, projeto, execução ou interpretação do estudo relatado. Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como co-autores. Onde houver outras pessoas que tenham participado de certos aspectos substantivos do projeto de pesquisa, elas devem ser reconhecidas ou listadas como contribuintes. O autor correspondente deve garantir que todos os co-autores apropriados e nenhum co-autor impróprio sejam incluídos no artigo, e que todos os co-autores tenham visto e aprovado a versão final do artigo e concordado com sua submissão para publicação.
  • Divulgação e Conflitos de Interesse Todos os autores devem divulgar em seu manuscrito qualquer conflito financeiro ou outro conflito de interesse substantivo que possa ser interpretado para influenciar os resultados ou interpretação de seu manuscrito. Todas as fontes de apoio financeiro para o projeto devem ser divulgadas.
  • Erros fundamentais em trabalhos publicados Quando um autor descobre um erro significativo ou imprecisão em seu próprio trabalho publicado, é obrigação do autor notificar imediatamente o editor da revista ou editora e cooperar com o editor para retratar ou corrigir o artigo.

 

Deveres do Editor

Estamos empenhados em garantir que a publicidade, reimpressão ou outras receitas comerciais não tenham impacto ou influência nas decisões editoriais.

Nossos artigos são revisados ​​por pares para garantir a qualidade da publicação científica e também somos usuários do CrossCheck (software de plágio do CrossRef).

*  Esta declaração é baseada nas recomendações da Elsevier e nas Diretrizes de Boas Práticas para Editores de Revistas do COPE .